Envie sua redação para correção
    Todo amante de esporte no Brasil, sabe que a violência está presente nesse meio, resultando em diversas mortes e desventuras por parte de seus torcedores e a agressão não é o único problema presente, existem outros tais como furtos, vandalismo e arrastões.
          Segundo uma pesquisa feita por Mauricio Murad, entre 2009 e julho de 2017 foram registradas 145 mortes relacionadas ao futebol, sendo 2013 o ano com o maior numero de mortes. Essas desavenças entre torcedores, no futebol, se da principalmente pelo fanatismo, já que vários fãs sentem raiva dos torcedores e do time rival ou se sentem na obrigação de odiar o mesmo. Um exemplo recente deste problema foi a final da Copa Libertadores da America, que teve seu jogo adiado após torcedores do time argentino River Plate apedrejarem o ônibus dos jogadores do time rival, Boca Juniors.
          O apedrejamento do ônibus fez com que a Conmebol, organizadora do campeonato, mudasse o local da final para o estádio do time espanhol Real Madrid. Os jogadores do Boca Juniors passaram mal depois de inalarem o gás de efeito moral usado pela policia para tentar controlar a situação gerada por alguns torcedores do time argentino. Ainda assim o futebol não é o único esporte que tem a violência em seus ambientes, os problemas relacionados a agressões, violência verbal e psicológica não esta apenas nos estádios, arenas e ginásios, ela se encontra no transito, bares, festas, internet e todos os lugares públicos possíveis.
    
          Esses casos infortúnios geram uma grande preocupação na população brasileira, mas isso pode ser evitado com campanhas, com mais autoridades presentes, revistas mais bem feitas e tentando educar o povo de forma que eles entendam que a violencia nao é a solucao para nada.