Envie sua redação para correção
    O Brasil,onde é considerado o país do futebol,é recordista mundial em mortes relacionadas ao esporte,tendo não só,a influência das redes sociais para a violência e para a opressão verbalmente,mas também,as torcidas organizadas que acabam sendo o motivo de toda a hostilidade dentro e fora dos estádios.
    Atualmente,com o aumento do uso das redes sociais,as ofensas a as rivalidades entre torcidas de times opostos estão cada vez mais intensas nas plataformas digitais,sendo mais perigosos ainda, quando acontecem os grandes clássicos,como por exemplo,Palmeiras contra Corinthians que advém de um número maior de torcedores.
    As torcidas organizadas são as maiores causas para a violência no futebol.Existem torcedores honestos que,estão ali apenas para se divertir.Mas no outro lado,existem os que levam o esporte muito a sério,não tendo limites sobre suas ações,sendo capaz de agredir ou até mesmo, matar alguém.De acordo com a revista El País,em 2017 foram registrados 104 episódios de agressões relacionados ao futebol brasileiro e também,segundo ao site R7,ao menos 101 pessoas morreram nos últimos 26 anos envolvendo brigas entre torcidas.
    O futebol,assim como qualquer outro esporte,deveria trazer benefícios tanto mentais,quanto físicos na vida de quem participa e, devido ao todos esse acontecimentos de violências nesses últimos anos,está trazendo justamente ao contrário.Com isso,cabe ao Poder Legislativo criar novas leis de agressões no esporte e botá-las em práticas e também,em colocar mais seguranças nos estádios em que os jogos ocorrerão, para que assim,os torcedores e os jogadores fiquem seguros e esse tipo de violência seja evitada.