Causas e consequências da violência no esporte brasileiro

Envie sua redação para correção
    Contemporaneamente, tem-se notado o aumento da violência no esporte brasileiro. Segundo o sociólogo Maurício Murad, as mortes ocorridas (em meio ao futebol) são causadas pela infiltração de facções do crime organizado nas principais torcidas uniformizadas do Brasil. Consequentemente, a população que não contribui com tais violências teme cada vez mais o envolvimento com o esporte.
          Um primeiro ponto a ser destacado é a falta de empatia de tais facções, e não se trata apenas de futebol. Quando atos de violência são cometidos em meio ao esporte, colocam-se em risco pessoas inocentes, como famílias e suas crianças. Além disso, deve se ressaltar que as organizações às quais tais torcidas pertencem são punidas e extremamente difamas, mesmo sem envolvimento na violência.
    
          É igualmente relevante ter em mente que a violência no esporte é um retrato do cotidiano de muitos brasileiros. O coordenador do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Psicologia do Esporte da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Rio Claro, Afonso Antônio Machado, diz que uma sociedade violenta gera atributos também violentos, que podem se espalhar em diversos âmbitos sociais. Os policiais que deveriam "proteger" estádios, quadras e ringues ou abusam de violência (vale ressaltar que não se resolve violência com mais violência), ou deixam de intervir, o que explicita a falta de atitudes concretas por parte do governo no que se trata do país recordista de mortes relacionadas, principalmente, ao futebol.
    
          Sendo assim, resta concluir que medidas como a organização de torcidas únicas e a conscientização da população são necessárias. Tais iniciativas podem vir tanto do governo quanto das organizações esportivas e seus torcedores em si, podendo ocorrer por meio de divulgação na internet, restrições e controle na entrada e saída de eventos esportivos, entre outros. Dessa forma, atletas e torcedores agressivos irão reconsiderar suas atitudes, sem se falar do conforto que será passado para a população amante do esporte.