Causas e consequências da violência no esporte brasileiro

Envie sua redação para correção
    O povo brasileiro é conhecido por sua intensidade perante as relações afetivas, paixões e conflitos. Tais conflitos são o maior problema do país uma vez que o povo não recebe na maioria das vezes uma educação boa dos pais, as crianças crescem sem o senso de tolerância e respeito, ideias essenciais para a vida em sociedade. Essa violência, inevitavelmente atravessa as situações do cotidiano e da rotina e se refletem também nos horários de lazer e entretenimento, como durante eventos esportivos.
     Nos últimos anos, percebeu-se que a violência dentro dos esportes está cada vez mais presente, gerada por inúmeros fatores, como a falta de organização e segurança, superlotação de estádios e ginásios e a presença de pessoas que buscam o tumulto dentro desses locais, como por exemplo os espancamentos que ocorrem frequentemente entre torcidas adversárias nos jogos de futebol.
     É notável que esse caos não é somente causado pela torcida, como também pelas autoridades, por esportistas e policiais despreparados. Esses indivíduos não conseguem lidar com diferenças e derrotas. Isso tudo ocasiona distúrbios na cidade toda, não só nos arredores do local, como a aglomeração de carros; furtos; vandalismos e mortes. Essas consequências persistem, mesmo que todos tenham consciência sobre elas, pois os criminosos não são punidos devidamente e melhorias eficientes não são feitas, alimentando cada vez mais a cultura da violência; do preconceito; asséido e racismo, como presenciou o goleiro Aranha em 2014, quando sofreu um ataque racista por parte de torcedores do time adversário, Grêmio, durante uma partida.
     Percebe-se que no Brasil, a maioria desses casos de violência dentro do esporte ocorrem durante jogos de futebol, por este ser a modalidade esportiva mais popular e valorizada, o que acarreta um fanatismo exagerado, observado em estádios, bares e inclusive nas redes sociais, visto que virtualmente as pessoas agem mais inconsequentemente, e não temem serem punidas, já que a justiça brasileira não atua ativamente nestas plataformas.
     Diante dessa violência presente no esporte brasileiro, é fundamental que a população,e principalmente os amantes de esporte, busquem retomar o espírito esportivo, combatendo polarizações e propagações de ódio a fim de tornar os ambientes esportivos um símbolo de cidadania e respeito, visto que o esporte compõe a cultura do país, enriquecida pela diversidade de modalidades, isto é, esportes além do futebol devem também ser apreciados.Além disso, clubes e associações esportivas devem se comunicar com os poderes locais sobre as estratégias de organização do trânsito e segurança, em dias de jogos, evitando possíveis confusões.