Causas e consequências da violência no esporte brasileiro

Envie sua redação para correção
    Sabe-se que a violência no esporte brasileiro, principalmente no futebol, acontece desde há muito tempo. Neste contexto, surgem danos aos clubes e aos torcedores e observa-se que a mesma se manifesta tanto verbal quanto fisicamente, ocasionando mortes e sérios problemas físicos e mentais aos que são atingidos. Assim, é necessário que órgãos públicos e os próprios clubes encontrem uma solução para que tal problema acabe.         Primeiramente, o motivo pelo qual a violência acontece é a grande falta de respeito da torcida para com os juízes, os jogadores, clubes e com a torcida rival. Além disso, a violência verbal vinda da torcida afeta o psicológico dos atingidos, ocasionando problemas mentais, depressão e o famoso bullying. 
         Por outro lado, quando a violência se torna física, acaba gerando consequências mais graves como, por exemplo, brigas e mortes. Segundo o sociólogo Maurício Murad, 2013 foi o ano em que mais tiveram mortes em relação ao futebol. Os casos de óbitos são decorrentes de brigas de torcidas organizadas que geralmente ocorrem fora dos estádios, devido a pouca segurança e a falta de organização do clube residente. 
          Frente a tamanha violência, é preciso que os clubes de futebol do Brasil fortaleçam e organizem proteções para evitar atos impróprios durante as partidas. Cabe, também, aos órgãos públicos do estado criar normas mais rígidas para que o torcedor acate as mesmas e saiba ir às partidas para torcer pelo seu time como uma prática de lazer e diversão de forma pacífica.