Causas e consequências da violência no esporte brasileiro

Envie sua redação para correção
    O Brasil é conhecido em todo o mundo como o país do futebol. Entretanto, muito se tem comentado sobre a violência verbal e física que vem ocorrendo nos jogos, dentro ou até mesmo fora do campo. Dessa forma, vê-se que muitas são as causas, como a falta de educação dos torcedores, que de acordo com o filósofo Paulo Freire a educação não transforma o mundo, ela muda as pessoas e as pessoas transformam o mundo; e o uso de bebidas alcoólicas, o que ocasiona graves consequências para os torcedores e jogadores do esporte. É importante mencionar que o objetivo do esporte é criar um espírito de união, o que não vem ocorrendo.
        Segundo o filósofo Thomas Hobbes, "o homem é o lobo do próprio homem", o que se encaixa perfeitamente nesse cenário, de forma que o torcedor ou até mesmo o jogador apresentam esse caráter animalesco, por meio de ataques físicos e verbais entre as torcidas, disseminando um discurso de ódio de forma irracional. A falta de educação é uma das causas, pois como foi mencionado as pessoas transformam o mundo em que vivem, de acordo com o que lhe é ensinado, pois o ser humano é o espelho daquilo que ele vivencia; outra causa é o uso exagerado de bebidas alcoólicas, o que faz com que  hajam de forma impensada e indevida.
        Ademais, vale destacar que muitas são as consequências, como o envolvimento de inocentes que acabam sendo feridos, pois os policiais não conseguem conter os agressores; o público presente nas partidas diminui cada vez mais, devido ao medo de serem violentados e até mesmo de serem mortos. Segundo o jornal O Globo, o Brasil é o recordista de mortes por causa do futebol, em 2014 cerca de 18 pessoas morreram por causa  da violência ocasionado devido ao esporte no país.
        Portanto, medidas se fazem necessárias para que tal realidade venha de fato mudar. Cabe ao Ministério da Educação a criação de projetos por meio de profissionais capacitados que deem palestras nas escolas, com a participação dos professores, pais e alunos que tratem sobre a violência e seus contextos, mencionando as suas consequências de forma geral. Além de uma maior interferência do Ministério da justiça, com uma maior efetivação das leis já criadas, e com o direcionamento das punições aos grupos de criminosos que se infiltrem nas torcidas. Dessa forma, a violência nos esportes diminuirá gradativamente.