Causas e consequências da violência no esporte brasileiro

Envie sua redação para correção
    O Brasil romano
          Mais de um milênio, e a cultura da selvageria pregada no coliseu ainda perdura no mundo contemporâneo. A violência no âmbito esportivo não é apenas uma herança histórica, mas também um reflexo intrínseco do fanatismo e da sociedade brasileira. Com isso, segundo o sociólogo Maurício Marad, o Brasil é o país com maiores casos de mortes relacionados ao futebol.
    
          Diante da multidão o indivíduo adquire certo status de invisibilidade e com isso comete atos os quais não cometeria se estivesse sozinho ou em pequenos grupos. Tal fato é suficiente para justificar a concomitância entra esporte e violência, haja vista que aquele sempre esteve atrelado aos grandes contingentes. com isso o poder de coesão da massa é tão grande sobre o indivíduo que o leva a ultrapassar e a transgredir os limites da ordem civil; como o racismo, a agressão física e verbal e a depredação do patrimônio público.
    
          Outrossim, destaca-se a internet como intensificadora do impasse. Pois, ser a favor ou contra determinado time, nas redes sociais, é motivo suficiente de crítica, preconceitos e hostilidades. dessa forma a internet, assim como a multidão, ´´camuflam`` potenciais infratores e servem de apoio para cometer suas ações.
    
          O esporte que deveria sublimar a violência, passa a ser a própria forma de manifestação desse fenômeno, o que vai de encontro ao seus valores.
    
          É indubitável; portanto, que os clubes em parceria com a mídia façam campanhas que politizem e orientem os torcedores contra a violência e que repudiem a sua prática em qualquer espécie. A fim de que o reflexo bárbaro da antiguidade se converta em um coletivismo que preze a integridade do esporte.