Envie sua redação para correção
    A Carta Magna de 1988 assegura que os cidadãos gozem de direitos imprescindíveis - como a segurança pública - para a manutenção equivalência social.No entanto,verifica-se grande discrepância entre a teoria constitucional e a realidade brasileira,pois a problemática da violência nos esportes persiste enraizada na sociedade hodierna,seja pelo descaso governamental,seja pela falta de impunidade aos criminosos.
      Em primeiro lugar,conforme a perspectiva filosófica de Zygmunt Bauman,as redes sociais oferecem serviços úteis e prazerosos,porém,em boa parte,são uma armadilha.Nesse contexto,mediante os ínfimos investimentos estatais em segurança cibernética,significativa parcela dos torcedores - principalmente os de times de futebol - marcam encontros pela internet para brigarem com os rivais.Em reflexo disso,os atos de vandalismo contra o patrimônio público tornam-se habituais nos arredores dos estádios,visto que o contingente policial,em geral,tende a ser pequeno.
        Outrossim,na Bélgica,em 1985,devido à Tragédia de Heysel - confronto entre torcedores que deixou 38 mortos - a participação dos times ingleses nas competições continentais foi proibida por um período de 5 anos.Contudo,em divergência dos órgãos jurídicos europeus,é indiscutível que,no Brasil,a falta de impunidade aos criminosos  prevalece à medida que os casos de violência física,psicológica e verbal crescem no setor esportivo nacional - segundo o sociólogo Maurício Murad,entre os anos de 2009 e 2017,somente no futebol,cerca de 100 pessoas foram a óbito.
         Portanto,urge ao Estado,com o apoio da Polícia Federal,criar delegacias especializadas no combate à violência nos esportes,priorizando os serviços de inteligência e a fiscalização por câmeras de segurança de modo que os casos de vandalismo e de homicídios sejam reduzidos.Ademais,cabe ao Ministério da Justiça,por meio da mídia,promover peças publicitárias que conscientizem o povo acerca dessa problemática e incentivem a denúncia sobre os criminosos com o intuito de agilizar os processos penais.Com essas medidas,talvez,a teoria da Constituição torne-se realidade no Brasil.