Causas e consequências da violência no esporte brasileiro

Envie sua redação para correção
    Esporte e violência
                  O esporte vem da antiguidade, inicialmente como atividade de recreação e comunicação visando à integração dos indivíduos. Todavia essa prática está sendo ''esquecida'' e o comportamento de violência está se sobressaindo nessa situação. Percebe-se na época atual comportamentos de pisoteamento, arrastão, empurra-empurra, agressões, vandalismo, tanto fora como dentro dos estádios. Além disso, as brigas em alguns casos acontecem entre torcedores do mesmo time.
    
                    Nessa caso, uma confusão começou enquanto os torcedores deixavam o estádio e passaram a se provocar, com cantos exaltando os bairros de que fazem parte cada grupo de torcedores, com isso houve agressões e brigas. Ademais, as brigas acontecem entre  torcidas opostas. Em 2017, houve uma pesquisa realizada pelo Estado do Rio de Janeiro, mostrando que foram registrados 104 episódios violentos relacionados ao futebol brasileiro, que resultaram em 11 mortes de torcedores – outros sete casos ainda estão sob investigação. Um dos motivos dessa brutalidade, é que os torcedores de times opostos querem se sentir superiores em relação aos títulos de campeonato, ao número de gols entre outro motivos, dessa maneira causam crueldades e selvagerias ao torcedor do time contrário.
                       Outrossim, a violência chega ao ponto de causar a morte, como no caso de Diego da Silva dos Santos, de 28 anos, torcedor do Botafogo, que morreu  no arredores do Engenhão, antes do clássico entre o clube alvinegro e o Flamengo, pelo Campeonato Carioca. De acordo com o laudo do Instituto Médico Legal, Diego morreu após ter sido atingido várias vezes por um objeto "perfuro contundente" — um espeto de churrasco, que teria sido furtado de um bar perto do estádio. Além disto, a hostilidade não acontece apenas nos estádios ou arredores, em alguns casos, torcedores marcam ''brigas'' pelas redes sociais, destroem patrimônios públicos, xingam e agridem crianças só pelo fato de estarem com a blusa de determinado time.
    
                    Portanto, algumas medidas devem ser feitas para conter e acabar com esse tipo de violência. Uma delas seria o Governo disponibilizar mais policiais nas ruas, principalmente em dias de jogos, desse modo o torcedor que tiver uma atitude errada, o policial poderá levá-lo até a delegacia, assim o torcedor terá que responder pelos seus atos.