Envie sua redação para correção
    Em meados do século XX, Mahatma Gandhi, na Ínia estabeleceu a desobediência civil, pois sabia que armas e guerras não seriam a melhor forma de resolver problema algum. Hoje décadas depois o indiano ficaria horrorizado com os rumos tomados no que tange a violência nos estádios brasileiros. A sociedade brasileira, apática e inerte, já não se choca com mortes nos estádios brasileiros. Hoje no Brasil divulga-se tanto o respeito a diversidade, porém na prática essa realidade não se aplica, a violência nos estádios é um reflexo disso.
          É indubitável, que a mídia é um dos principais fatores que agravam este problema, Jean-Paul Sartre afirmou que a violência, de qualquer maneira com o qual se manifeste, é sempre uma derrota. Em primeira análise, os fatore que impulsionam este fato está correlacionado com fatores culturais e educacionais, desde da infância o brasileiro é incentivado a ''torcer''  pelo time da família, ao longo dos anos o indivíduo cresce com sentimento de fanatismo baseado na aceitação familiar e social, isso colabora para que incidentes de intolerância e violência se tornem realidade.
        Outrossim, destaca-se a falta de incentivo dos times brasileiros a tolerância e ao respeito aos outros times rivais, o sistema legal falha e abre espaço para a manutenção do problema, distanciando a sociedade brasileira do ideal aristocrático de justiça como base para organização comunitária.
            Portanto, fica claro que é necessário que o governo federal elabore campanhas publicitárias de conscientização sobre a violência nos estádios, que seja colocado em pauta na sociedade o debate deste assunto nas escolas e universidades, o Ministério da comunicação em ação conjunta com a CBF deve transmitir estas propagandas antes e depois dos jogos em todos os estádios, a legislação vigente deve ser reformulada para que os agressores sejam punidos de forma severa, que possamo compreender e efetivar este pensamento, para que o mesmo seja amenizado no país.