Causas e consequências da violência no esporte brasileiro

Envie sua redação para correção
    De acordo alguns historiadores o esporte surgiu na Grécia Antiga com caráter político, esportivo e religioso de grande importância para a harmonia social. Desde então,  se desenvolveu e passou a ter importância mundial abrangendo diversos setores. No Brasil, a prática esportiva tem o amplo envolvimento da sociedade, mas constantemente tem se atrelado a práticas violentas tanto por questões de violência social, quanto pelo excesso de competitividade.
            A violência nos estádios de futebol envolvendo principalmente torcidas organizadas tornou-se rotineiro em diferentes campeonatos brasileiros.  Motivados pela rivalidade, promovem momentos de terror e vandalismo como os 11 assassinatos vinculados ao esporte que ocorreram até julho de 2016 segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Esses episódios trazem temor a população que busca nos eventos esportivos momentos de lazer e diversão com a família, já que o mesmo passa a ser visto como ambiente de perigo e vulnerabilidade para os frequentadores. 
        Ademais, fatores socioeconômicos estão relacionados aos atos violentos. A falta ou insuficiência de segurança pública nos estádios, a violência que assola o país em diversos setores e a sensação de impunidade apos crimes, resultam em reflexos que tem levado a  situações como as citadas e que são constantemente veiculadas, fugindo do propósito do ambiente esportivo. Além da morte de torcedores, furtos e assédio fazem parte do cenário dos estádios.
             Logo, é evidente a necessidade de melhorias no cenário esportivo brasileiro.  O Governo Federal juntamente com a Secretaria de Segurança Pública deverá desenvolver medidas como o aumento da fiscalização e presença de policiais no momento dos jogos com o intuito de reduzir atos violentos e garantir a segurança dos participantes. À Secretaria Especial do Esporte o desenvolvimento de politicas públicas que visem a integração social através do esporte para que ele seja meio de inclusão social e redução da violência e desigualdade.