Causas e consequências da violência no esporte brasileiro

Envie sua redação para correção
    O Brasil país do futebol penta campeão mundial  sinônimo de tradição no esporte e orgulho dos brasileiros.
    
    Mas nem tudo são flores, vivemos uma triste realidade nos estádios e fora deles a violência acaba manchando de vermelho as bandeiras dos times e o verde do gramado.
    Em muitos casos o amor doentio de uma parcela de indivíduos por um time acaba os levando a irracionalidade a ponto de partir para a violência por motivos fúteis. 
    Outro problema são as torcidas organizadas, que poderiam ser chamadas também de torcidas desorganizadas, onde grupos transformam a rivalidade em ódio, e vão para as partidas não com o intuito de torcer e sim com a intenção de destilarem a sua violência e seu ódio.
    Brigas generalizadas nas partidas corre corre tumulto pessoas feridas  policiais tentando conter o caos, pais desesperados tentando proteger seus filhos. Nesse cenário caótico os mais prejudicados são os inocentes que foram na esperança de ver seu time ganhar, aproveitar a partida, e ter o que contar aos amigos.
    Os torcedores devem aprender que a rivalidade deve ocorrer apenas dentro do campo entre as equipes, e depois dos noventa minutos independente do resultado o que deve reinar é a paz.
    Politicas de conscientização deveriam ser adotadas pelas autoridades clubes e demais entidades relacionadas a organização dos eventos afim de tentar evitar a violência. 
    E se com a conscientização e o bom senso não serem o suficiente para resolver em um numero expressivo o problema, medidas mais drásticas devem ser tomadas .
    Aumento do policiamento nas partidas, leis mais severas aos infratores, maior fiscalização em grupos de torcidas  organizadas.
    Com essas medidas os casos de violência iriam diminuir, e todos poderão ir ás partidas com a certeza de paz.