Causas e consequências da violência no esporte brasileiro

Envie sua redação para correção
    Uma realidade alarmante para os esportes
    
    
    
     O esporte tem ocupado um lugar de destaque nos jornais e noticiários há muito tempo, muitas vezes, pelos motivos errados, violência e agressividade, sejam elas pelos próprios esportistas, sejam pelos torcedores, sejam pelos policiais ou autoridades que tentam acalmar os ânimos dos dois lados. E isso acontece em todas as modalidades de esportes, desde os mais simples aos mais complexos.
     O físico Isaac Newton sugere em sua terceira lei que, para toda ação, existe uma reação e é isto que ocorre entre torcedores fanáticos. Em 2013, por exemplo, durante o campeonato brasileiro foi visto em muitos jogos atos impetuosos originados pela agressividade de pessoas dos times derrotados sobre aqueles que torciam para equipes adversárias. Por conseguinte, os ofendidos e agredidos reagiam da mesma maneira. Portanto, é notório o quanto ações de uns e revidações de outros maximizam o problema, causando um tumulto bastante violento e mostrando que a aplicação da física nesses acontecimentos é muito mais que uma constatação.
     Outrossim, a impunibilidade é um fator determinante para a presença da violência nas arenas; consequentemente há um queda de público nas partidas. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Stochos revelou que 43% dos torcedores deixaram de ir aos campos de futebol por conta do medo, já que há uma falta de segurança nesses locais e nada acontecem com os agressores. Então, é preferível para muitos simpatizantes do futebol optarem por ver os jogos de seus times em outros ambientes, como bares, restaurantes ou em suas próprias residências. Por consequência, isso gera prejuízos aos clubes.
     Nessa conjuntura, os motivos e o que elas podem ocasionar mostram o quanto esse cenário de "selvageria" nos estádios se inclui nos diversos impasses presentes no território brasileiro. Para que haja uma solução, é necessário que a Federação Brasileira de futebol aumentem a segurança dentro e fora do espaço que acontecem o campeonato, e para que isso aconteça, deve-se exigir um maior policiamento naqueles jogos que apresentarem um número elevado de torcedores, em que como foi feito nas Olimpíadas terá também bons resultados. Ademais, deve ter uma punição para os instigadores de violência, com por exemplo, um afastamento temporário com cobranças de multas. Todavia, só assim terá como assistir as partidas de futebol prazerosamente.