Causas e consequências da violência no esporte brasileiro

Envie sua redação para correção
    Para o Brasil, os esportes não somente representam uma identidade nacional, mas também possuem grande importância como forma de inclusão social. No entanto, os casos de violência em eventos esportivos têm prejudicado de forma relevante esse aspecto da cultura no país. Haja vista, o exacerbado espírito competitivo dos brasileiros, acarretando a perca de credibilidade dos esportes como prática positiva.
          Podemos observar que, o exagero de competitividade se faz um sustentáculo da violência entre torcedores. Tendo por consequência, um índice elevado de casos de agressões e mortes anualmente. Segundo uma publicação do site "El País" - A violência no futebol como retrato do Brasil -, houveram 104 casos de violência com relação ao futebol, somente em 2017, o que mostra a gravidade da problemática.
          No que tange o assunto, a perca de credibilidade dos esportes é um fato consonante ao problema central. Posto que essa prática é uma importante forma de inclusão social, com a violência, o combate a exclusão social por meio dessa estratégia pode ser prejudicado. Visto que, os esportes já não apresentam segurança.
    
          As causas e consequências da violência no esporte brasileiro, portanto, necessitam ser alvo de nossa atenção e debate. Nesse sentido, cabe ao Estado - com o auxílio do Ministério da Educação -, promover eventos esportivos de interação com a participação de torcidas variadas, por meio de atividades interativas que estimulem o respeito e cooperação entre torcedores, a fim de criar laços que não apenas fortaleçam o esporte brasileiro, mas como também contribuam para a diminuição dos casos de violência na esfera esportiva. Buscando, dessa forma, esportes seguros e saudáveis para todos.