Envie sua redação para correção
    No contexto social vigente,segundo Jean-Paul Sarthe,famoso filosofo e pensador francês do século XX,"a violência,seja em qual for a maneira como ela se manifesta,é sempre uma derrota".Contudo,hodiernamente é visível o cenário adverso em relação ao esporte no Brasil tendo em vista casos recorrentes de violência transmitidas pela mídia.No entanto,observa-se que essa questão tem ocorrido por irresponsabilidade política,além da negligência da sociedade.Logo,avaliar a atual conjuntura do país faz-se uma prerrogativa válida.
      Em primeiro plano,deve-se analisar a despreocupação da governança como principal causador do problema.Dessa forma,é possível remeter ao fato histórico de discussões e violência nos estádios,ocorridos nas décadas de 70 e 80, sendo estes os primeiros registros do obstáculo.Desse modo,atualmente o que se tem observado é uma escassez de medidas na busca de alternativas para modificar o contexto esportista do país,fator demonstrado pelo número de ocorrências cada vez mais frequentes,gerado pela falta de leis específicas para tais circunstâncias,porém tal ato tem sido atarantado devido o governo gastar tempo e verba em outras áreas como a saúde.
      Paralelo a isso,é necessário aludir sobre a pouca deferência dada pela população como outro possível imortalizador do emblema.Dessa maneira,segundo pesquisas do jornal Folha de São Paulo,em 2018,foram registrados 104 episódios violentos relacionados ao futebol brasileiro,que resultaram na morte de 11 pessoas.Consequentemente,é notório o desvio de pensamento da população,fator demonstrado por intensos pensamentos agressivos de parte dos torcedores simplesmente pelo resultado insatisfatório durante o jogo,os levando adotar a impetuosidade como caminho para superar a derrota, tendo como consequência agravamento do presente imbróglio.
     Entende-se,portanto,que a continuidade da questão da violência no esporte brasileiro,na contemporaneidade,é fruto da pouca atenção política e da desaplicação do corpo social.Diante disso, o Poder Legislativo e Judiciário,responsáveis por criar e julgar as leis respectivamente,devem produzir e reformular legislações que garantam a segurança nos estádios, por interlúdio de uso de regras que comandem torcidas organizadas e garantam penas severas para qualquer irregularidade cometida,com o objetivo de neutralizar os incidentes dessa natureza. Ademais, é crucial que as instituições de ensino, juntamente com organizações não governamentais(ONG´s) promovam palestras sobre a importância do esporte e necessidade de zelar pelo segurança mutua, por meio do apoio de professores e sociólogos capacitados,voltado a jovens e adultos,com a finalidade modificar o perspectiva vigente.