Envie sua redação para correção
    Campo minado
    
          O esporte, observado desde a antiguidade, teve como principal manifestação os jogos Gregos que compreendiam as Olimpíadas, sendo os primeiros registros de competição. Da disputa por títulos até a rivalidade das torcidas, o desporto sofre com a violência que delas brotam e, ainda revelam intolerância à cultura - uma barbárie, incoerentemente, (oni) presente. 
        No que se refere a postura do esporte durante a história da humanidade, verifica-se que assumiu papel de lazer, saúde e competitividade. Hodiernamente, a manifestação esportiva caracteriza-se na concorrência por um único objetivo: vencer. Nesse sentido, o desejo da vitória se sobressai à prática saudável, quer para os participantes, quer para os espectadores, uma vez que ultrapassam as regras de dentro e fora do campo, o que demonstra um verdadeiro campo minado. De acordo com o programa de pós graduação em antropologia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), os esportes contém em si níveis desejáveis de violência ou simulação dela, à medida que trazem a emoção esportiva e relacionam-se com organizações sociais e políticas - as torcidas. 
          Sob esse prisma, a representação por torcidas reúne aspectos identitários ou étnicos, o que floresce o etnocentrismo, realçado com agressividade atiçada pela mídia. Por esse viés, nas arquibancadas dos estádios, as condições resgatam as cenas das antigas arenas romanas, onde os espectadores incitavam os gladiadores a liquidar seus adversários. O episódio conhecido como "batalha campal" no jogo de futebol entre Coritiba X Fluminense em 2009 compreende a invasão dos torcedores do Coritiba ao campo e protagonizaram cenas de selvageria após a derrota do time. Por fim, este recorte repercute na comunidade, confirmando o que a frase de Rousseau propõe: "O homem nasce bom e a sociedade o corrompe".
          Infere-se, pois, que a nociva violência no esporte conclama políticas públicas ativas. Dessa forma, o Ministério do Esporte, juntamente com as diretorias dos clubes devem solicitar cartões de identidade obrigatórias para se ter acesso aos estádios, através de cadastramento dos espectadores, a fim de que seus portadores quando julgados culpados de atos de violência, os cartões sejam recolhidos. E, as Secretarias de Desportos precisam erguer barreiras que separem as torcidas opostas, além de eliminar qualquer material inflamável, para que os esportes sejam protegidos de agressividades. Logo, a harmonia se estabelecerá diante da cultura grega.