Causas e consequências da violência no esporte brasileiro

Envie sua redação para correção
    A violência no esporte brasileiro só vem aumentando, segundo o levantamento feito pelo R7, ao menos 101 pessoas morreram nos últimos 26 anos.Essa violência não acontece apenas nos estágios, ginásios ou arenas esportivas, mas também em vários lugares públicos, como nas ruas, nos bares, no trânsito, nas redes sociais.Geralmente, esses conflitos começam por rivalidades entre times, grupo e desafios que são postos aos torcedores adversários.
          Observa-se que essa violência está ficando cada vez mais comum, afirma Paulo Castilho, pois não se sabe um motivo exato para tanta agressão, pode ser falta de confiança ou imaturidade em lidar com o fato de perder, nunca se sabe o certo.Porém é visto que muitas mortes é inevitável quando esses confrontos e essa violência vêm a tona.
       Em consequência disso, vê-se, o bullying crescendo como violência física e verbal no meio esportivo.Segundo Hader uma psicóloga americana, "esse fato ocorre em razão do bullying ser, em última instância, uma questão de poder, e a adrenalina e a rivalidade nos esportes fazem com que se transformem, para muitos, em um 'prazer pelo poder', inclusive para os atletas profissionais".
           Portanto, para combater a violência no esporte é preciso mas policiamento, afim de banir as torcidas organizadas como medida preventiva.Também apesar de levar mas tempo e requer um trabalho maior de ser feita a prisão dos torcedores como punição pelo crime cometido, e punir os clubes, como forma de acabar com o comportamento passivo das instituições quanto a seus torcedores.