Envie sua redação para correção
    Na Roma antiga o esporte era marcado pela violência na luta entre gladiadores. Nessa linha, o esporte brasileiro parece tentar se aproximar desses atos de barbárie, através da excessiva rivalidade de determinados grupos, alimentados muitas vezes pela ausência de punibilidade.
          Em primeiro plano, tal ferocidade esportiva tem como consequência principal a rivalidade exagerada de grupos de torcidas, que não conseguem, muitas vezes, conviver com uma opinião  e gosto diferente. Por esta razão, brigas e vandalismo são comuns, e mais grave ainda, mortes e bulling no esporte.
    
          Ademais, a causa direta da violência no esporte é a impunidade. Já que há ausência de norma penal específica para este nicho. Por conseguinte, tudo é pautado pelo estatuto do torcedor que é insuficiente para aplicar penalidades mais rígidas.
    
          Portanto, o esporte está marcado pela violência advinda da impunidade. Para fazê-lo voltar ao seu papel lúdico é necessário que   ONG´s ligadas ao esporte crie campanhas de conscientização da função do mesmo, e para isso use as redes sociais a fim de atingir maior público. Também, que seja posto uma emenda no código penal, via congresso nacional, para abarcar os possíveis delitos cometidos durante um jogo esportivo.