Causas e consequências da violência no esporte brasileiro

Envie sua redação para correção
    O filme inglês chamado "Hooligans", retrata a tradição de violência entre as torcidas de dois times de futebol rivais na cidade de Londres. Apesar de tal alusão ser fictícia, é muito semelhante a realidade do Brasil. Nesse sentido, é evidente que fatores como a competitividade exacerbada e a impunidade, contribuem para que a problemática perpetue. 
        Em primeira análise, é notório que a rivalidade entre torcidas encontra terra fértil nesse contratempo. Dessa forma, em virtude da violência cotidiana na sociedade, como nas ruas, no trânsito e na internet serem recorrentes, no esporte, tamanho comportamento também é presente. Assim, essas condutas contribuem para a ocorrência de casos de violência em diversas esferas, como no esporte e principalmente no futebol.
          Além disso, a impunidade desses crimes semeia a perpetuação dessa prática. De acordo com o jornal O Globo, o Brasil bate o recorde em mortes resultantes de conflitos no futebol e somente 3% dos processos de violência na categoria esportiva resultam em condenação. Dessa maneira, é evidente que a falta de punições acarretam na ousadia da população em cometer crimes, uma vez que a probabilidade de sair impune é muito grande.
       Diante dos fatos acima supracitados, é necessário que os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário devam por em prática as leis já vigentes que abrangem tais crimes, por meio da polícia federal, lidando com as investigações de forma séria e profissional, com intuito em punir devidamente os infratores. Além disso, devem os Ministérios da Educação e do Esporte, devem inserir projetos de orientação e conscientização, por meio de palestras nas escolas e universidades, que contenham informações do quão ruim é a violência tanto no esporte quando no cotidiano, para que os jovens compreendam os malefícios que a intolerância proporciona à sociedade.