Causas e consequências da violência no esporte brasileiro

Envie sua redação para correção
    Esportes são atividades físicas  de recreação, para a saúde e competição. O futebol, principalmente, é o mais popular e que gera economia no país, mas os estádios tem se tornado cenário de violência, os motivos: torcidas organizadas e a falta de segurança.
    As torcidas organizadas existem desde 1969, mas o problema começa quando a paixão pelo time ultrapassa os limites da legalidade e as torcidas, compostas por torcedores fanáticos, acabam se tornando em quadrilhas. Em 2017, foram onze mortes motivadas por rivalidades clubísticas, como atesta o sociólogo Maurício Murad na sua pesquisa sobre violência no futebol, que também enfatizado por ele mostra a falta da punição aos arruaceiros apenas 3% dos processos acabam em condenação.
    
    A falta de segurança é outro motivo para os brasileiros deixarem de ir a um estádio de futebol para acompanharem uma partida, declara 35% da população, de acordo com uma pesquisa do IBOPE Inteligência em parceria com o jornal Lance!, entrevistaram 7005 pessoas com 10 anos ou mais.
    
     Em face aos dados apresentados, é preciso que dentro dos estádios e fora mantenha a ordem, o Estado e os Clubs particulares trabalhem em conjunto. Esse trabalhe com ordem dentro dos estágios com fiscalizações e aquele aplicar as leis nas pessoas que estiverem infringindo-a.  Inspecionar se estão com artefatos que podem machucar a outrem  e a Policia Militar seja acionada quando necessária e punir os desordeiros. Dessa maneira é possível minimizar a violência no esporte.