Causas e consequências da violência no esporte brasileiro

Envie sua redação para correção
    Na Idade Antiga, o esporte foi criado como uma forma de entretenimento  para as camadas socioeconômica abastadas, logo foram construídos estádios para receber  grandes massas populares que passaram a acompanhar os diversos tipos de jogos, como  acrobacias, danças e luta corpo-a-corpo com espadas que era bastante aplaudido pelos espectadores. Diante disso, no mundo contemporâneo os esporte é aclamado pelo público, pelo fato dessa cultura ter sido passada de pai para filho, com isso aumentando não só a rivalidade, como também a violência dentro e fora de campo. 
         Primeiramente, como pronunciou o pensador Gilberto Velho, '' Uma sociedade que legítima o uso da violência é, obrigatoriamente, uma sociedade violenta '' exemplifica que algumas  torcidas organizadas  partem para agressão sobre um grupo social ou até mesmo um individuo pelo simples fato do mesmo  ''torcer'' por um time de futebol diferente. Alem disso, a partir do momento em que o torcedor está no estádio, acaba causando muitas emoções,  que muitas vezes faz com que o ''apaixonado'' por seu time grite, xingue e jogue objetos em outras pessoa causando irritação para algumas e juntando com o uso de bebidas alcoólicas acabam  criando circunstâncias propícias para o aumento da violência.
         Concomitantemente, aumenta o número de vítimas pelo fato de não haver um maior investimento em segurança dentro e fora do estádio. Segundo o jornal El País, no ano de 2017, foram registrados 107 episódios violento relacionados ao esporte brasileiro, que resultaram em 11 mortes de torcedores. Outrossim, a velha rivalidade naturaliza a violência, pois ultimamente alguns torcidas organizadas já vão ao estádio com o intuito de brigar.
          Portanto, é notório que a falta de respeito, arrogância e o ego no esporte, causam problemas para o indivíduo e suas relações em sociedade. As secretarias municipais e estaduais de segurança, devem investir  em uma maior fiscalização dentro dos estádios, por meio de verbas governamentais, que vai ser empregado na portaria, impedido a entrada torcidas organizadas que tenha histórico de agressão, a fim de dá segurança para as pessoas que vão somente para acompanhar seu time preferido. Por outro lado, a sociedade deve participar, cobrar e fiscalizar para que assim tentar amenizar  os caos de violência no esporte.