Envie sua redação para correção
    É inquestionável a relação mutualística que a internet possui hoje com qualquer área de uma sociedade, porém essa associação nem sempre gera um efeito benéfico. Como exemplo, destaca-se a cibercondria, característica que remete a uma pessoa com síndrome de pesquisa sobre sintomas na internet. Questão como essa deve ser discutida na sociedade brasileira, visto que essa peculiaridade, apesar de apresentar-se como enriquecedora, traz consigo problemas disfarçados.
       Em primeiro plano, vale ressaltar o acervo de informações  que essa cultura gera nos dias de hoje. Dessa forma, se usada de maneira correta, ou seja, compreender alguns dos seus sintomas e buscar a solidez médica, essa mania pode resultar, por exemplo em melhores diálogos com o profissional da saúde, sem sujeitar-se a obedecer tudo que é dito por não entender do assunto. Logo, o questionamento entraria em vigor e o paciente sairia ganhando por uma melhor assimilação da situação que encontra-se.
       Em contrapartida, nem tudo se baseia nos benefícios. O indivíduo cibercôndrico no ato é exposto a uma série de problemas, uma vez que por má-interpretação pode deixar de lado problemas graves ou preocupar-se demasiadamente com simples viroses, o que pode levá-lo à ansiedade e a posterior automedicação. Ademais, um pífio sintoma é responsável por uma extensa lista de assuntos relacionados, o que dificulta para a pessoa saber o grau de veracidade das informações com a qual está se lidando.
       Portanto, medidas são necessárias para combater essa nova epidemia virtual. Cabe aos centros de saúde em parceria com o governo brasileiro investir em propagandas midiáticas que visem conscientizar a população sobre os riscos da auto consulta, de forma que deixem claro que a solução mais eficaz ainda é ir ao médico. Além disso, é papel do legislativo desenvolver propostas que visem restringir o número de páginas geradas nas pesquisas sobre saúde, a fim de que se preze apenas por aquelas que realmente são eficazes. Assim, a cibercondria encontrará a sua ´penicilina`.