Cibercondria: a doença da era digital

Envie sua redação para correção
    Um assunto que deve ser pauta de debate na atualidade é a questão da cibercondria. Nesse sentido é válido ressaltar que a problematização está voltada ,principalmente, ao uso excessivo da internet. Em decorrência da grande facilidade e rapidez nesse mundo virtual a maioria das pessoas buscam cada vez mais se autodiagnosticarem e tomam remédios por conta própria.
          É válido pontuar, de início, que o fácil acesso a informação na web  nos deixa cada vez mais entretidos. No entanto, esse entretenimento vem tornando-se um grande preocupante em meio a sociedade, principalmente, com as novas gerações ,pelo uso descabido. Essa lastimável realidade está relacionada com uma doença dessa era digital:a cibercondria. Para o inventor e empresário Steven Paul Jobs a tecnologia move o mundo, um fato observável para o nosso atual modelo de vida. No entanto, se faz necessário um maior engajamento das escolas para que essa ferramenta seja usada com mais responsabilidade e cautela. 
            Como produto dessa realidade, surgem os problemas como o da automedicação. Uma pesquisa comprovou que quase 80% dos brasileiros com mais de 16 anos já tomaram remédio por conta própria, tal afirmativa mostra como as pessoas estão cada vez mais distanciadas do real e ligadas ao mundo virtual, substituindo  um profissional da saúde por uma simples pesquisa na internet, algo que jamais deveria acontecer. 
               Por fim, para que esse mal seja uma problemática mitigada pela sociedade é preciso que as escolas, principalmente, estejam mais preocupadas com essa questão e trabalhem esse sobre isso nas salas de aula e em palestras com debates e distribuindo panfletos alertando sobre os perigos da automedicação alertando todos os alunos e funcionários .Assim, poderemos ter uma sociedade mais consciente com o uso das tecnologias e mais voltada para a realidade usando esses meios para o que de fato é útil e possível.