Envie sua redação para correção
    Muito se discute a importância de consultar o médico sobre a saúde, pois com a crescente de informação existente na internet as pessoas acabam se auto consultando e se auto medicando, assim gerando riscos a sua saúde. Dessa forma, são muitos os desafios para combater e resolver as questões que é motivada pela ansiedade, que causa a automedicação.
      Como as pessoas ansiosas já apresentam uma maior dificuldade para lidar com temas que ainda são incertos, a pesquisa na internet visa apaziguar sua ansiedade pessoal. Entretanto, na tentativa de informar mais sobre seus sintomas, se deparam com algumas centenas de explicações desenvolvendo ainda mais impaciência sobre seu estado. Outro problema que aumenta os níveis de inquietude destes pacientes é quando descobrem sintomas que são conflitantes. 
      A medicação por conta própria é um dos exemplos de uso indevido de remédios, considerado um problema de saúde pública em todo o mundo, de acordo com o portal G1 à automedicação é prática comum em mais de 90% da população. O uso de medicamento de forma incorreta pode acarretar o agravamento de uma doença, uma vez que a utilização inadequada pode esconder determinados sintomas. 
      Fica claro, portanto, que a ansiedade em saber sobre a doença é o fator responsável pela cibercondria, assim motiva a automedicação. É necessário instruir as pessoas a consultar um profissional da saúde ante qualquer manifestação que aparecer e antes de tomar qualquer remédio, por meio de campanhas e anúncios nas ruas, e também por via dos meios de comunicação para abranger um número maior de pessoas para que saibam algo concreto sobre sua saúde. Desse modo, a problemática em pauta haverá uma redução considerável.