Cibercondria: a doença da era digital

Envie sua redação para correção
    Desde de 1980, com a disseminação da internet, o estilo de vida da população mundial passou por diversas mudanças, que vão da utilização dos meios de comunicação á pesquisas sobre os mais variados temas. porém, essa ferramenta também foi responsável pelo surgimento de mazelas dentre elas á cibercondria. Ademais, tal moléstia é fomentada pelo déficit dos órgãos de saúde, e essa doença deve ser tratada, tendo em vista que é extremamente prejudicial para  seus afetado.
        Em primeiro lugar, vale ressaltar que, no Brasil desde a constituição de 1988, passou a ser dever do Estado promover uma saúde de qualidade para seus cidadãos. Todavia, tal função não é exercida com eficácia, prova disso é que segundo o site ''UOL'', a falta de médicos e remédios é uma realidade da maioria dos hospitais públicos do Brasil. Ademais, essa deficiência é um agravante para os casos de cibercondria, sendo que tal prática se dá pela busca de diagnósticos via pesquisa na rede. Desse modo, qualquer empecilho que dificulte a ida do indivíduo ao local de atendimento, pode fazer com que o paciente opte por um autodiagnóstico com o auxilio de sites de busca.
        Em segundo lugar, deve-se salientar que, os diagnósticos transmitidos pela rede são um grande problema, posto que várias doenças possuem mesmo sintomas, o que pode fazer com que o internauta acabe por comprar um remédio que atue com efeito contrário ao esperado. Em consonância a isso, segundo o site ''Resiliencia Mental'', esse habito pode acarretar casos de ansiedade além de fazer com que pessoas consumam medicamentos inadequados.
        Por fim, essa situação é algo que não pode ser ignorada, haja vista sua gravidade. Destarte, o ministério da saúde deve promover uma maior assistência ao SUS (sistema único de saúde), por meio de uma maior destinação de verba a esta estatal, além de promover concursos para profissionais nessa área. Para que, possa haver um atendimento de qualidade e os doentes não apelem a fontes não seguras.