Cibercondria: a doença da era digital

Envie sua redação para correção
    O número de pessoas que estão cada vez mais dependentes e viciadas no mundo digital aumenta em consideráveis números nos últimos anos e com isso estes mesmo indivíduos cometem vários erros, pois tendo acesso a internet já se acha a solução para quase tudo que se passa na vida.
          Além disso o mundo inteiro esta se tornando completamente digital com o intuito de facilitar atividades tanto do cotidiano como ocasionais para o ser humano. Percebe-se através de que os bancos mundiais estão realizando contas "on-lines" e de fácil acesso ao consumidor, exames , médicos sendo entregues em poucos dias via internet e cada vez mais lojas virtuais sendo criadas todos os dias.  
    
          Um bom caso de dependência digital ocorre no filme "A Rede" de Irwin Winkler em que uma analista de informática recebe informações de um novo vírus virtual e uma grande conspiração, com isso a rede mundial de dados exclui a sua existência e por consequência ela não existe mais  para o mundo moderno e é "retirada da sociedade".
    
          Ademais quando se refere a dependência digital, pode não ser considerada uma nova doença ainda, entretanto  já afeta diversas pessoas e a tendência é que seu número de afetados aumente com o progresso da tecnologia, como já referido como bancos mundiais quanto até mesmo governos possuem dados da população.
               Logo para solucionar este óbice, medidas serão necessárias como  o alerta aos perigos da internet e a sua dependência para os jovens e principalmente as crianças, com a criação de estudos nas escolas referente ao problema citado, disponibilização do tratamento psicológico gratuito pelo governo aos  internautas afetados além de a fiscalização de aplicativos como "Dr. google" referente a pessoas que pesquisam e se automedicam com laudos médicos online.