Envie sua redação para correção
    Não é novidade que muitas das informações que estão na internet são falsas, ou são distorcidas, o que representa um perigo para a população, que muitas vezes recebe essas informações e não procura saber se pode ou não confiar no que lê.
    Um exemplo desses riscos, é o de se automedicar ou o autodiagnóstico, ontem as pessoas pesquisam sobre os sintomas de doenças que estão sentindo, e começam a tomar remédios por conta própria, sem consultar um médico, e acham que estão com alguma doença, simplesmente por estarem com  sintomas parecidos. É um erro grave e pode custar a vida ou a saúde de muitas pessoas, já que é um caso muito comum, como foi visto no estudo do ICTQ, que afirma que grande parte da população faz um uso perigoso das informações que estão na internet. E considerando que os analgésicos são vendidos de forma relativamente fácil no Brasil, o caso se torna mais grave.
    Não é preciso que as pessoas parem de pesquisar sobre seus problemas, ou tentar identificá-los, o erro é assumir esses pensamentos como verdadeiros sem antes consultar um médico ou algum profissional da saúde, ou tomar a atitude de tomar remédios sem uma prescrição de alguém da área.