Cibercondria: a doença da era digital

Envie sua redação para correção
    É indiscutível que a internet é o recurso mais usado nos dias de hoje e isso causa uma certa preocupação. Segundo o jornal Datafolha 97,3% da população está dependente da internet. As pessoas não conseguem mais se ver sem a internet. Com ela se tem uma grande variedade de informações rápidas e fáceis. Porém, é inevitável dizer que ao mesmo tempo que ela traz muitos benefícios, também traz muitos prejuízos. Atualmente, observa-se que a internet é um meio muito rápido para conseguir notícias, se comunicar com pessoas que estão longe, ver fotos e ainda, saber o que acontece no mundo dos famosos. Isso traz uma certa comodidade para os cidadãos. Além disso, ela ajuda as pessoas a sanarem dúvidas e a descobrirem o que significa certos sintomas que estão sentindo e acabam esquecendo que existem profissionais qualificados para isso. Em consequência disso, acaba que as pessoas estão usando a internet para o mal delas, não estão sabendo aproveitar o que de certo a internet tem a oferecer. Isso faz com que muitas pessoas fiquem doentes, fiquem tão bitoladas ao ponto de esquecerem que existe um mundo lá fora, mundo esse que também traz informações e muitos benefícios. Conclui-se, portanto, que a internet é um meio muito utilizado, mas que é preciso bastante atenção, pois não tem como confiar 100%. Para isso é importante que o governo juntamente com a mídia promova campanhas em horários nobres para que mostre a população o perigo da era digital. E a família incentive as crianças e adolescentes que temos o mundo real e que não podem viver apenas por meio da internet. E com isso, a população entenda que ao mesmo tempo que a internet traz muitos benefícios, ela também traz muitos prejuízos.