Cibercondria: a doença da era digital

Envie sua redação para correção
    O autodiagnostico sem segurança
      Com a evolução da tecnologia, as pessoas não precisam mais sair de sua residência para realizar certas tarefas e tem acesso a muitas informações pela internet, assim facilitando o cotidiano, porem esse fácil acesso faz as pessoas cometerem a Cibercondria, que é quando elas estão ficando doentes e já recorrem a web para descobrir sua "doença" através de seus próprios sintomas.
      Esse problema acaba se tornando cada vez mais comum e viciante, por causa que é mais fácil se autodiagnosticar fazendo uma pesquisa pelo celular sem precisar sair de casa do que ir até um consultório ou a um hospital para ser analisado por um profissional, e por causa dessas pesquisas, muitos acham ter um caso grave e se automedicam, podendo piorar e gerar até doenças psicológicas.
      A influência desses sites que dizem a resolução do problema do internauta e o fácil acesso a remédios nas farmácias que em suas propagandas resolvem os sintomas "milagrosamente" são dois fatores que auxiliam no aumento da cibercondria. Como é mostrado na pesquisa onde mostra que 26% da população tem a primeira opção o Google do que o médico.
      As pessoas tem que ser avisadas sobre esse assunto, deve haver mais campanhas para alertas pois é pouco discutido, outro ponto é a qualidade do atendimento nos hospitais públicos, melhorando essa área, os indivíduos avisados irão preferir um atendimento de um doutor, que é formado e pode passar um diagnostico seguro