Enviada em: 01/09/2019

Entre os anos 50 e 80 o mundo vivenciou um cenário altamente tensionado. Causado principalmente pela corrida armamentista entre EUA e URSS, a iminência de haver uma guerra nuclear era alarmante, entretanto livros de história retratam tal período apenas como um conflito ideológico felizmente. Diante destes grandes avanços tecnológicos surge novamente nos dias atuais esta tensão entre os polos de poder ocasionando medo na população mundial.           É notório que deve haver uma diminuição de artefatos nucleares. Fato este evidenciado, não só pelo grande desastre na usina de Chernobyl que devastou um grande território e provocou inúmeras mortes, mas também pelo seu grande poder bélico demonstrado pelo Estados Unidos no final da segunda guerra mundial causando grandes perdas na civilização japonesa nas cidades de Hiroshima e Nagasaki.           Além disso, deve haver uma aproximação entre países que possuem tal tecnologia a disposição. Isto deve ocorrer, pois caso haja uma disputa entre poderio bélico pode haver um verdadeiro holocausto, ou seja, dizimação em massa de populações. Entretanto, este não é o cenário vivenciado atualmente entre coreanos e norte americanos, que são alvos de debates políticos por possuírem políticas hostis, um exemplo é o presidente norte americano Donald Trump.            É evidente, portanto, que ainda há entraves que garantem a solidificação de políticas que visem a construção de um mundo melhor. Destarte, os governos devem estimular o desuso de energia nuclear, visto que, podem haver acidentes que colocam a saúde em risco. Além disso, devem ser adotadas políticas de limitação e desenvolvimento de armamentos com radiação por países que possuem tal recurso, afim de diminuir a existência de armas tóxicas e haver um equilíbrio harmônico entre as nações.     Ainda mais, seria importante se a ONU estabelecesse uma forma de desarmamento afim de obter mais segurança ao povo e sendo assim para atingir a paz mundial pois só assim será possível viver em uma sociedade digna e sem medo....