Enviada em: 29/04/2017

A tecnologia teve um avanço muito rápido nesses últimos séculos. A maioria das invenções que eram apenas ficção científica no passado hoje fazem parte do dia a dia das pessoas sem que elas percebam. Os produtos atômicos são uma dessas tecnologias, que está sendo utilizada em larga escala mundialmente. Todavia, ela pode trazer junto aos benefícios diversos riscos. Dessa forma, a sociedade torna-se vulnerável e precisa lidar com o medo dos riscos advindos desses produtos atômicos.      Primeiramente é importante destacar que a atomística é uma ciência recente. Isso significa que ainda está em intenso estudo e muitas vezes o medo relacionado a ela pode não ser real. O desastre da bomba atômica na Segunda Guerra Mundial e  explosões  de reatores nucleares são notícias maciçamente divulgadas pela mídia e que causam um pavor Global. Desta forma, tudo relacionado a atomística pode potencializar  o medo e fazer com que se generalize os resultados.      Ainda, é interessante lembrar que essa tecnologia também produziu  diversos produtos benéficos para a humanidade como exemplo tem-se a produção de medicamentos, tratamento do câncer, a energia elétrica e o combustível de hidrogênio para automóveis. Entretanto essas descobertas científicas são menos divulgadas que as notícias de desastres.      Fica evidente, portanto, que medidas são necessárias para resolver esse impasse. Para Paulo Freire "a educação muda as pessoas e as pessoas mudam o mundo" Por isso, o Ministério da Educação e de Energia devem unir-se e produzir revistas de distribuição gratuita para toda a população brasileira que explique quais são os produtos atômicos que existem, onde eles estão inseridos em nossa sociedade e os reais riscos e benefícios criados por eles para que o medo gerado pela ignorância não prevaleça sobre a ciência. Ainda a mídia, deve produzir documentários relacionados a esse tema e apresentá-lo em horários de grande audiência, para que a população de massa possa aprender sobre os produtos nucleares e formar uma opinião mais consistente....