Enviada em: 01/08/2017

Desde o massacre atômico causado pelo Estados Unidos ao Japão, com dois ataque atômicos na segunda guerra mundial, vários países desenvolveram armas nucleares, por precaução ou até mesmo medo das potências nucleares anteriores, gerando um clima de tensão e medo mundial. Existem dois meios para se lidar com potências nucleares, o preferível ,de forma pacifica por meio de acordos diplomáticos, e caso esse não funcione, o uso de intervenção militar. O uso de acordos diplomáticos para evitar o uso da armas atômicas como armamento foi utilizado durante o século XX para evitar o surgimento de novas potências nucleares, por meio do TNP(Tratado de não proliferação de armas nucleares). Apesar de a maioria dos países assinarem e ratificarem o acordo, alguns mantiveram seus armamentos como fizeram os Estados Unidos, maior potência nuclear atual. Entretanto, existem países que transgrediram o acordo como fez Israel, que usou o contexto da guerra contra a palestina para desenvolver armas nucleares. Existe também aqueles que não assinaram, como a Índia, que não assinou o TNP ,e desenvolveu armas nucleares, se tornando mais um expoente do medo mundial. A segunda forma de reduzir o medo mundial de potência nucleares, caso o uso de acordos diplomáticos não seja efetivo é por forma de uma intervenção militar. Países como os Estados Unidos e outros membros da OTAN (organização do tratado do atlântico norte), tem capacidade militar para intervir em caso alguma outra potência nuclear ameace a paz mundial. Atualmente, existe uma possibilidade de isso acontecer, tensões entre a Coréia do Norte e Estados Unidos tem se intensificado, o presidente americano já ameaçou atacar os norte-coreanos caso seu programa militar não se encerre, esses que também ameaçaram os Estados Unidos e ja provaram que seu armamento consegue atingir solo americano, e estando fora do TNP. Por fim, os governos mundiais devem se procurar fazer acordos diplomáticos para o desativamento de armas nucleares, e em ultimo caso uma ação militar. A ONU, (organização das nações unidas), pode tentar diplomaticamente inserir países como a índia no tratado de não proliferação nuclear, e incentivar países que infringiram o acordo a desativar suas ogivas nucleares. A OTAN pode interferir na Coreia do Norte em um ato de prevenção, caso a diplomacia não funcione, com o uso de forças armadas não-nucleares para não ocorrer um massacre de civis....