Déficit habitacional no Brasil

Envie sua redação para correção
    De acordo com a Declaração Universal dos Direitos Humanos - promulgada em 1948 pela ONU (Organização das Nações Unidas), é direito de todos os cidadãos, sem qualquer distinção, o direito a moradia. Contudo, no que se refere ao déficit habitacional, podemos perceber que tem sido um grande problema no Brasil. Dessa maneira, urge que medidas sejam tomadas para minimizar a questão.
    
       De início, repara-se que há uma desigualdade social em relação a moradia, um exemplo nítido são as favelas, que por sinal estão presentes em todas as regiões do país. Ademais, o descaso com esse assunto não é novidade, a população sofre desse mau a anos. Outrossim, a falta de renda é um dos motivos as quais levam as pessoas a morarem em áreas de risco.
       Entretanto, a questão está longe de ser resolvida. Por várias décadas, o Estado foi desatento e não planejou ou ordenou a construção de casas e bairros planejados acessíveis a população de baixa renda. Além disso, as pessoas constroem casas em condições inadequadas como nas encostas de morros e até mesmo em cima de lixões desativados. Exemplos disso podem ser encontrado nas mídias socias como a BBC Brasil, ''O Brasil tem pelo menos 6 milhões de famílias sem casa para morar.''
        Portanto, medidas são necessárias para resolver o impasse. É relevante que o Governo promova a construção de casas acessíveis e proíba a ocupação de áreas de riscos. Por fim, cabe a população se reunir em associações de bairros para que, através de discussões desenvolvam ideias para melhoras as condições de moradia na sua região. Somente assim, o fim dos problemas de moradia será realidade no país.