Déficit habitacional no Brasil

Envie sua redação para correção
    Déficit habitacional e a favelização no Brasil
          O déficit habitacional no Brasil está diretamente ligado a favelização, que é o fato de as pessoas morarem  em condições precárias ou muitas vezes subumanas, abaixo da linha da pobreza.
         O país teve um certo avanço no mercado da construção civil, em meados de 2008 até por volta de 2012, com construções de moradias populares, como o programa Minha Casa Minha Vida, taxas de juros mais baixas, subsídios, que é uma ajuda financeira por parte do governo,  para que mais pessoas pudessem  adquirir uma casa própria. Muitas pessoas conseguiram comprar a casa própria, porém muito longe dos grandes centros, além de problemas graves na infraestrutura desses imóveis recém construídos, como rachaduras, que comprometiam a vida útil do mesmo, goteiras, piso se soltando, dentre outros. Mesmo após  algumas pessoas adquirirem imóveis próprios, continuaram favelizadas,   pois ficaram com uma dívida de um financiamento habitacional e a reforma do imóvel novo, como consequência, muita gente abandonou o financiamento pois não conseguiram arcar com as duas despesas simultaneamente.
              Portanto a solução mais apropriada para solucionar o déficit habitacional e a favelização seria, manter esses incentivos governamentais  sitados anteriormente, como taxas  de juros reduzidas, subsídios, programas habitacionais, porém com uma auditoria, ou seja, uma fiscalização acirrada por parte do governo através de  auditorias, para se ter certeza da qualidade do material usado na construção de cada imóvel, punindo com descredenciamento no Conselho de Engenharia Civil  o engenheiro responsável por aprovar uma construção nova com problemas de infraestrutura, além de demiti-lo do emprego público.