Déficit habitacional no Brasil

Envie sua redação para correção
    O numero excessivo de moradias inadequadas no brasil é um problema encontrado na maioria da grandes cidades e revela a elevada desigualdade social existente em nosso país. Sendo assim, a supervalorização dos imóveis aliada a imposto e juros abusivos são responsáveis pelo processo da  favelização  e da formação de periferias com baixa qualidade de serviços públicos e acentuada criminalidade.
         Nesse contexto, exagerado preço de casas e apartamentos se tornam um verdadeiro empecilho para famílias de baixa renda ,assim, pela falta de opções elas terminam por mora em regiões com poucos avanços sociais.Dessa forma, o centro das cidades onde estão os principais serviços como, hospitais, praças e grandes avenidas são ocupadas por uma minoria rica.Esse fator também contribui para os transtornos referentes a mobilidade urbana na qual um grande numero  de trabalhadores pobres precisam se deslocar dos subúrbios para os grandes centros em busca de emprego congestionando  os transportes públicos. 
          Outrossim, a alta carga tributária do país sem qualquer abatimento para pessoas de baixa renda também contribui para segregação espacial na medida  em que eles não levam em consideração o  poder aquisitivo dos indivíduos.portanto, os impostos que incidem sobre a moradia dificultam a compra deste por cidadãos, além da indecência de cobrar o iptu até mesmo para moradias irregulares que não são amparadas pelo governo.
          Dessarte, o problema do deficit habitacional está presente no cotidiano das grandes cidades brasileiras, portanto, é  necessário que o governo de incentivos fiscais a empresas construtoras que diminuam o preço de imóveis  destinados a famílias carentes, além disso  é preciso que haja uma fiscalização organizada pelo ministério público sobre taxas de juros oferecidas por  bancos encarregados pelo financiamento de domicílios a fim de evitar juros abusivos.