Enviada em: 14/08/2019

De acordo com o filósofo Immanuel Kant," o homem é o que a educação faz dele". Nesse sentido, é indiscutível que a educação possui grande influência no desenvolvimento de habilidades e virtudes humanas.Entretanto, os altos níveis de evasão nas universidade brasileiras representa uma ameaça ao que foi escrito por Kant. Logo, julga-se necessário analisar-se fatos como, a baixa oferta de empregos e a violência nas cidades, os quais contribuem para o aumento do índice de evasão nas universidades.       Em primeiro lugar,  a rasa demanda por profissionais, devido à saturação do mercado de trabalho, é um dos impulsionadores da problemática.Segundo o MEC, 42% dos estudantes que deixam as universidades são de cursos menos concorridos. Com isso, elevando a porcentagem de indivíduos que desistem da universidade, por conta da escassa oportunidade  de trabalho após formarem-se.       Ademais, a violência nos centros urbanos desestimulam a busca por conhecimento por parte dos jovens e adultos. Conforme o portal de notícias G1, a cada ano, o número de roubos em universidades públicas aumenta em 5%, por conta do livre acesso de qualquer indivíduo dentro dos centros universitários.Dessa forma, acarretando o terror e o pânico nos estudantes, o que leva a desistência da carreira escolhida ou a mudança do local de estudo.       É evidente, portanto,que ainda há desafios para a redução dos índices de evasão das universidade brasileiras, como os já descritos. Desta forma, o Governo Federal deve criar programas e fomentar o desenvolvimento cientifico, para que após formados, os estudantes disponham de oportunidades para atuar na carreira escolhida.Logo, a Polícia, em conjunto com as novas tecnologias de monitoramento, devem proporcionar um ambiente de estudo seguro para que os universitários preocupem-se apenas com os deveres acadêmicos.Com isso, absorvendo todos os benefícios que a educação trás, segundo Immanuel Kant....