Enviada em: 27/08/2019

Segundo o filósofo Jean Paul Sartre, o ser humano é inteiramente responsável pelos seus atos, cabe a ele então, escolher a melhor maneira de agir. No Brasil, desastres ambientais e cuidados com a fauna e a flora sempre geraram grandes pautas em congressos e reuniões nacionais, visto a vasta riqueza da diversidade brasileira de norte e sul. Infelizmente, nos últimos anos, o país vem sofrendo com a falta de responsabilidade e comprometimento das grandes e pequenas empresas com o meio ambiente e segurança pública, gerando cada vez mais poluição e desmatamento em áreas ricas em biodiversidade.        Desde o início do século XXI, o Brasil já vivenciou diversos desastres adjuntos à intervenção do homem na natureza. Em 2019, segundo o jornal Folha de S. Paulo, o rompimento da barragem em Brumadinho-MG deixou mais de 150 mortes e milhares de desaparecidos. Ademais, os detritos tóxicos que vazaram da barreira foram responsáveis pela contaminação dos rios próximos à cidade, além de tornarem o solo inutilizável para a produção agrícola.        Pode-se então perceber, que os desastres então ligados a má administração dos recursos naturais e ao capitalismo industrial contíguos ao excesso de maquinários. Esses, lançam ao ar diversos gases poluentes que afetam diretamente a variação de temperatura causando o superaquecimento do globo e a extinção de animais que, por sua vez, acarretam queimadas nas florestas nativas e são responsáveis pelo desaparecimento de espécies de grande valor cultural.        Nesse viés, percebe-se a necessidade de intervenção do estado e da população para que haja uma melhor manipulação do patrimônio cultural. Dessa maneira, cabe ao Ministério do Meio Ambiente, em parceria com a Justiça Federal, a criação e ampliação de leis ambientas para que seja efetuada uma melhor fiscalização e aplicação de multas na presença de quaisquer irregularidades. Em adição, a secretaria de cada município deve promover palestras à população para que, assim, se possa oferecer informações a respeito do uso do meio ambiente....