Desastre em Brumadinho e a gravidade da reincidência dos crimes ambientais

Envie sua redação para correção
    O desastre de Brumadinho foi um ocorrido gerado pela ganancia, já sabendo dos riscos de rompimento a Vale não alertou aos moradores e aos trabalhadores. Além das centenas de mortes o desastre ambiente foi enorme, a lama desmatou uma grande área e também atingiu alguns rios entre eles o Paraopeba que é afluente do rio São Francisco, que abastece 2 milhões de pessoas.
     Moradores de Brumadinho falaram que não tiveram nenhuma vez treinamento de evacuação, e que no dia do desastre as sirenes não tocaram e uma das explicações que a Vale deu foi que, as sirenes foram engolidas pela lama antes que pudessem serem ouvidas.
     Há mais um método de construção de barragem mais segura, que são mais caras ou tem o tamanho de armazenamento menor fazendo assim que a não escolhessem. Depois do rompimento da barragem I da Mina do Feijão, a verificação das demais barragens da Vale com a mesma estrutura foram refeitas para avaliar o risco de rompimento.  
     O desastre ambiental foi imenso, atingiu o rio Paraopeba que era usado por vários moradores da região e o deixou poluído com rejeito de minérios matando assim muitos peixes, os rejeitos estavam descendo para o rio São Francisco mais foram contido.
     Como dizem as autoridades do meio ambiente a barragem de Mariana era pra servir de alerta para as outras mineradoras. As mineradoras tem que prezar mais pela vida, pela natureza, pela nosso rios e não só pensar em dinheiro.