Desastre em Brumadinho e a gravidade da reincidência dos crimes ambientais

Envie sua redação para correção
    Não é um desastre. É um crime ambiental, mas mineradoras não aprenderam nada com a tragédia de Mariana afirmou Marina Silva. Como reagir se essa tragédia se repetisse mais uma vez?!  
     Em novembro de 2015 foram registrados 19 mortos no rompimento da barragem do Fundão em Mariana, com este desastre foram perdidas vidas na qual se destruíram muitas famílias, causando assim também, grandes impactos no meio ambiente, na qual se levará anos para a natureza se compor novamente. 
     Para surpresa de todos neste mesmo ano no dia 25 de janeiro de 2019 houve outro rompimento ainda mais terrível do que o de Mariana a exatamente três anos atrás. A falta de senso e responsabilidade destes homens a frente da “VALE” resultou na morte de cerca de mais de 200 pessoas, incluindo grande porcentagem dos operários e funcionários da própria empresa. 
     Onde está o Tino de responsabilidade destes empresários? 
      Foi provado que os bens lucrativos falaram mais alto do que a segurança de centenas de Vidas. 
     Para haver diminuição de crimes como este é preciso tomar as devidas providencias, aplicando sistemas de alerta e evacuação da população corretamente, sendo também recoberto de fiscalizações diárias de cada mineradora, e respectivamente punições aos responsáveis por tamanho descuido