Dilemas da doação de órgãos

Envie sua redação para correção
    É notório que a doação de órgãos traz divergências de opiniões, principalmente em relação aos religiosos. Dentre tantos motivos relevantes, temos: pouco conhecimento sobre o assunto, é sua importância, por isso que há resistência por parte dos familiares. 
        É notório que a doação de órgãos precisa ser melhor divulgada e informada sobre sua importância. Dentre tantos motivos relevantes, temos: pouco conhecimento sobre o assunto e a resistência por parte de familiares. Segundo hospitais que realizam os transplante o grande problema não e a fila de espera, mas sim pouca informação o que acaba gerando recusa.
        Sabe-se que a doação de órgãos e pouco divulgada por isso ainda gera tanta resistência sobre sua doação. Por tanto, muitos não autorizam sua retirada acreditando que pacientes com morte cerebral por exemplo pode voltar a vida, é evidente que essas gestos precisam aumentar. 
        É possível afirmar que a doação de órgãos ainda gera muita resistência por parte de familiares 47% das famílias se recusam a doar órgãos de parente com morte cerebral falta de conhecimento sobre irreversibilidade da morte encefálica é principal causa de recusa de doação de órgãos segundo dados da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO).’’Por isso, insistimos que isso tem que ser assunto de familia’’. 
        Dessa forma, é possível afirmar que pouco conhecimento sobre o assunto ainda gera grande resistência sobre esse ato. Por tanto, cabe ao Governo melhorar as estruturas hospitalares informatizando o cadastro de pessoas na fila de espera, para que assim melhore, Além do mas, ONGs e associações poderiam unir-se para cobrar e precionar os planos de saúde para realizar os transplantes já que grande parte dos procedimentos e feito pelo SUS. Devido ao seu auto custo.