Envie sua redação para correção
    O filme francês Coração e Alma retrata o dilema enfrentado tanto pela família do possível doador de órgãos quanto pela pessoa que espera o transplante. De forma análoga, é perceptível que, apesar do Brasil se destacar no assunto, ainda há a dificuldade de aumentar o numero de órgãos doados. Diante disso, é notório que as dificuldades enfrentadas tem como principal causa o modo comportamental da sociedade e a falta de informação dada as pessoas. Desse modo, é imprescindível que o Ministério da Saúde e a mídia estabeleçam metas para aumentar o índice de doação de órgãos no país. 
         Em primeiro plano, Émile Durkheim, sociólogo francês, afirma que a sociedade contemporânea é marcada pela solidariedade orgânica , a qual apresenta o predomínio do individualismo. Isso pode ser percebido pelos dados disponibilizados pela Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos(ABTO), em sete anos a taxa de recusa familiar dobrou alcançando, em 2015, cerca de 44%. Esse fato comprova o aumento significativo de famílias que não autorizam a doação de órgãos e tecidos de parentes com diagnóstico de morte encefálica. 
         Além disso, diante da reformulação da lei sobre a transplantação de órgãos que coloca a família como responsável pela decisão da doação faz com que haja a dificuldade de se conseguir mais doadores. Tal situação tem como principal causa a falta de informações disponíveis que fazem com que parte da população brasileira veja a discussão e o transplante de órgãos como um tabu, o que gera a diminuição dos índices de doação. Pode-se comprovar isso pelos dados fornecidos pela ABTO que afirmam que somente um cada oito potenciais doares terão seus órgãos transplantados. 
         Portanto, medidas são necessárias para que o individualismo da sociedade contemporânea seja combatido. Dessa forma, é imprescindível que o Ministério da Saúde, por meio de psicólogos especializados, explicite para as famílias dos possíveis doadores, que ainda, grande parte, não tem um conhecimento amplo do assunto, sobre a importância da doação a fim de aumentar o numero de órgãos transplantados. Por fim, é basilar que as mídias televisivas, por meio de campanhas publicitárias, insiram o debate sobre a doação de órgãos a fim de que a realidade do filme francês seja amenizada no âmbito social.