Envie sua redação para correção
    O mundo pede  mais caridade e amor  com o próximo                                                                              Segundo o escritor Franz Kafka, a solidariedade é o sentimento que melhor expressa o respeito pela dignidade humana. Nesta perspectiva, um simples auxílio pode transformar e salvar várias vidas, como aconteceu após o deslizamento do Morro do Bumba, em Niterói, em 2010. Centenas de pessoas se prontificaram a enviar água e mantimentos àqueles que perderam tudo com a chuva. No entanto, em outros casos, há empecilhos que dificultam o processo de ser solidário, como acontece em relação à doação de órgãos no Brasil. 
            Primeiramente, a falta de informação colabora para o desconhecimento sobre a importância de doação de órgãos. As campanhas publicitárias não são frequentes e, sem uma maior divulgação à população, o número de doadores faz-se menor do que a real demanda. Dados da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO) mostram que 2.333 pessoas morreram à espera de um transplante de órgão no Brasil em 2015 – entre elas, 64 crianças. É a primeira vez que a associação divulga o número em seu relatório anual.
            Em pleno século XXI há dilemas da doação de órgãos, falta o esclarecimento sobre o assunto para a população e a precária infraestrutura hospitalar. É importante garantir a melhoria desses aspectos fundamentais para a fluência dos transplantes. Os familiares tem dificuldade de aceitar a morte celebral e isso contribui para a recusa da não autorização de órgãos. O envelhecimento da população junto ao aumento de certas doenças cria o aumento da demanda , o qual necessita de uma organização fundamental para ser cumprido.
          Essa realidade pode ser modificada. Para tanto, a atuação do Ministério da Saúde é essencial mediante lançamentos de campanhas de doação de órgãos, com o objetivo de estimular cada vez mais as pessoas. Outrossim, o Governo precisa melhorar a infraestrutura dos hospitais, assim mais pessoas interessariam-se em participar da equipe de funcionários da UTI\'s. Diante disso, a fluência dos transplantes será maior.