ENEM 2005 - O trabalho infantil na realidade brasileira

Envie sua redação para correção
    É um grande atraso para o país. As crianças ficam sem acesso a uma educação de qualidade que é garantida à elas por direito. A miséria cresce e grande parte da culpa são dos pais.
          A pobreza é grande responsável pelo aumento e a sustentação do trabalho infantil. Famílias que necessitam de renda extra optam por encorajar seus filhos ao trabalho. A teoria Anti Malthusiana, que reforça a ideia de lucro ligada à reprodução, se mostra muito presente nessa problemática, já que pais utilizam suas crianças como modo de obterem um orçamento familiar maior.
          Cenas de menores sendo vistos vendendo, negociando ou prestando quaisquer tipos de serviços se tornaram corriqueiras e diversas vezes não lhes são dadas a devida atenção. É evidente não só o descaso da população, mas também do governo vigente que procura acabar com os problemas da educação no país entretanto não fornece o devido auxílio ás famílias que possuem membros que deveriam estar sendo escolarizados, no entanto estão submetidas a outras função. A educação que é garantida por direito para a população acaba sendo deixada de lado e atividades remuneradas se tornam prioridade principalmente em regiões mais desfavorecidas do país que necessitam de investimentos não somente na área educacional, porém em melhorias de vida.
          Devido a isso, recomenda-se que haja uma reforma dos programas de auxílio já existentes, procurando focar-se em casos isolados para compreender as melhores formas de colaborar com a população e investir em mais centros de ajuda infantil, facilitando seu acesso não só na ampliação da divulgação, mas também em mais pontos de localização. Ao passo que o trabalho infantil for diminuindo, abrir-se-ão mais portas para a melhoria da educação.