ENEM PPL 2014 - O que o fenômeno social dos “rolezinhos” representa?

Envie sua redação para correção
    Esporte. Teatro. Brincadeiras. São exemplos de lazer, um direito fundamental assegurado à todas as crianças e adolescentes pelo ECA - Estatuto da Criança e do Adolescente. Esse tempo livre, que deveria ser empregado em atividades prazerosas que estimulem o desenvolvimento e criatividade, acabou sendo banalizado e marginalizado para uma parte da sociedade.
    Interações sociais, como encontrar-se com amigos em shopping centers, que deviam ser um momento de descontração, para alguns jovens não esta sendo tão prazeroso. Isso se dá ao fato de que comerciários e lojistas estão solicitando judicialmente a proibição da entrada desse público juvenil, que em grande parte são negros e pobres, e com apoio da polícia repreendem violentamente o acesso aos locais.
    É necessário ressaltar que, em bairros periféricos, tem pouca ou quase nenhuma forma de lazer para os jovens. Festas como os "pacadões" foram proibidas e espaços públicos como parques e praças ficam abandonados. O Estado não disponibiliza fontes de cultura e diversão, restringindo aos centros comerciais, que por sua vez seleciona o seu público, excluindo as camadas mais pobres.
    Portanto, medidas são necessárias para resolver esse impasse. O Ministério da Cultura, em parceria com ONG´s, devem desenvolver e manter espaços, eventos culturais e esportivos frequentes para o desenvolvimento intelectual da população. Instituições privadas  devem disponibilizar campanhas junto às escolas, que promovam atividades  e projetos lúdicos para o desenvolvimento social e educacional dos jovens. Assim como disse Nelson Mandela, a educação é a arma mais poderosa que podemos usar para mudar o mundo e o torná-lo mais justo.