Esporte e cidadania na sociedade brasileira

Envie sua redação para correção
    Define-se como cidadania o conjunto de direitos  e deveres exercidos por um indivíduo que vive em sociedade. Sendo essa expressão frequentemente associada a uma série de direitos que o cidadão possui, é evidente que as ferramentas utilizadas para a efetivação dessa condição e superação das desigualdades ainda não é consolidada devido a escassez em âmbito social de áreas esportivas. Dessa forma, fica claro que o baixo investimento nos esportes e sua popularização enfraquecida na sociedade  brasileira, são conjunturas que devem ser resolvidas.
      No filme americano "Raça" retrata a história de Jesse Owens, em que um esportista negro superou todas as dificuldades e o preconceito nazista da ideia de raça Ariana. Como retratado na longa-metragem, o esporte foi um importante meio na quebra de paradigmas. Na proporção em que as pessoas aprendem a ter respeito às regras e aos outros jogadores, agrega-se a isso a responsabilidade, o convívio com o coletivo e a ética, sendo dessa forma, um importante instrumento para a inclusão social. 
      Em segunda instância, é significativo ressaltar que apesar de o esporte ser uma marcante porta para a construção coletiva brasileira, o governo ainda é negligente com relação a esse fator. Segundo a constituição de 1988, artigo 217, é garantido a proteção e o incentivo às manifestações desportivas de criação nacional; mas como já citado, isso não é algo visto com frequência na sociedade, principalmente entre a população mais pobre, provocando um déficit em sua qualidade de vida e ferindo seus direitos.
      Portanto, é evidente que medidas são necessárias para estender as práticas esportivas em todo corpo social. É imprescindível que o Ministério do Esporte, através de verbas do governo e doações de instituições privadas, crie programas de incentivo ao esporte e a expansão de lugares apropriados para a conduta dele. Diante disso, a inclusão social será alcançada.