Envie sua redação para correção
    No período Clássico da Grécia Antiga, surgiram as primeiras práticas esportivas durante os Jogos Olímpicos, que eram uma forma de lazer e de culto aos deuses. Atualmente, o esporte se configura como um importante aliado à cidadania pois promove saúde, qualidade de vida e integração social aos participantes. No entanto, impasses como a falta de incentivo estatal e a falta de interesse e conhecimento populacional acerca de seus direitos têm impedido o acesso de muitos a esse recurso. Logo, tais fatores devem ser amenizados para que exista uma maior prática de esportes no Brasil.
          Em uma primeira análise, é necessário voltar a atenção para a Constituição de 1988, promulgada após anos de ditadura militar, conhecida popularmente como "constituição cidadã". Tal documento afirma que é função do Estado garantir o acesso populacional à saúde e ao lazer. Desse modo, como o as práticas físicas são um importante fator para a manutenção desses direitos, deve existir um maior incentivo governamental para esse fim. 
    
          Em uma segunda análise, é válido ressaltar que, segundo a abolicionista norteamericana Harriet Tubman, é impossível libertar um escravo se ele não souber que se encontra nessa situação. Sendo assim, é fundamental que a população brasileira se conscientize acerca de seus direitos para que possa se libertar de quaisquer situações de privação, inclusive do esporte.
    
          Portanto, medidas são necessárias para minimizar o impasse. Primeiramente, cabe ao Ministério da Cultura repassar mais verbas para a construção de ginásios poliesportivos e abertura de turmas de esportes diversos, para que o acesso ao esporte seja gratuito e universal. Posteriormente, cabe à população brasileira sensibilizar-se sobre o tema, por meio de campanha e fóruns de discussão nas redes sociais, para que possam conhecer seus direitos, os benefícios da prática esportiva e possam, assim, cobrar as autoridades locais nesse sentido. Dessa forma, será possível garantir um maior acesso ao esporte e, consequentemente, à cidadania no Brasil.