Esporte e cidadania na sociedade brasileira

Envie sua redação para correção
    "No meio do caminho tinha uma pedra. Tinha uma pedra no meio do caminho." Quando se pensa em cidadania no Brasil, esses versos de Carlos Drummond de Andrade se enquadram perfeitamente na realidade do país. Tal constatação está relacionada aos obstáculos para efetivar essa característica, dado que ferramentas para esse fim, como o esporte, estão sendo negligenciadas. Logo, cabe observar o referido quadro, a fim de propor soluções para minimizar a problemática.
      Em primeiro lugar, é necessário compreender que uma postura cidadã é conquistada quando o indivíduo adquire consciência de seus direitos e deveres dentro do Estado ao qual pertence. Nesse sentido, nota-se a relevância do esporte para essa qualidade democrática, uma vez que as práticas esportivas são regidas pela alteridade - ato de autoconhecimento a partir do contraste com o próximo. Prova dessa importância está no direito de acesso às atividades desportivas possuído pela população e previsto pela Constituição Federal Brasileira de 1988.
       Convém ressaltar, contudo, que empecilhos aparecem durante o processo de formação cidadã através do esporte. De acordo com a atual organização social do Brasil, a escola é o local onde, em teoria, frequentarão todos os brasileiros nos primeiros anos de desenvolvimento como indivíduo. Apesar disso, o Estado não faz bom uso dessa oportunidade para implantar a prática esportiva no cotidiano de todos os alunos. A fim de tornar essa constatação mais concreta, deve-se expôr os dados referentes ao ano de 2009 e disponibilizados pelo INEP, os quais denunciam o descaso governamental ao mostrar que mais de 50% das escolas públicas de ensino básico no país não possuem quadras. Por conseguinte, tira-se de muitos a oportunidade do primeiro contato com a cidadania.
       Fica claro, portanto, que a postura cidadã e a prática esportiva são dois elementos que se completam. No entanto, para que esse conjunto exista na prática, o Ministério da Educação deve direcionar parte de seus investimentos ao melhoramento e à construção da infraestrutura das escolas do país. A fim de proporcionar um ambiente adequado às atividades físicas pelos alunos e, como consequência, garantir a eles também esse primeiro espaço onde poderão desenvolver as habilidades cidadãs que o esporte pode oferecer. Sendo assim, será possível iniciar a eliminação das pedras que se encontram no caminho da cidadania brasileira.