Impactos da flexibilização das leis ambientais brasileiras

Envie sua redação para correção
    O novo governo brasileiro tem aprovado diversas mudanças de posicionamento em várias áreas da política. A área ambiental representa uma delas. Uma vez que, mudanças na flexibilidade das leis ambientais já estão previstas. No entanto, ao que parece, haverá uma forte quebra de braços entre o Ministério do Meio Ambiente e a base dos agentes ambientais federais. 
    
          Em um país, como é o caso do Brasil, que precisa de segurança jurídica para tentar retomar o crescimento e deixar para trás quedas econômicas, essa não parece ser uma boa estratégia a seguir. Essa situação pode representar uma instabilidade ainda maior no país, tornando as possibilidades de crescimento mais incertas e distantes. Representa, portanto, um retrocesso. 
          Além disso, a flexibilidade das leis ambientais também impacta negativamente na imagem brasileira de respeito ao meio ambiente. Na qual, pode resultar em maiores pressões e imposições de barreiras ambientais na venda de produtos para o mercado externo. 
          Diante do exposto, ressalta-se a necessidade de reação e posicionamento do Ministério do Meio Ambiente contra as medidas adotadas pelo atual governo. Para tanto deve e precisa contar com o apoio dos demais interessados, principalmente a população. O diálogo com o governo, por meio de argumentos e dados é o caminho possível para evitar não apenas o retrocesso ambiental mas, também econômico.