Envie sua redação para correção
    "Futurama" é um desenho televisivo norte-americano de ficção científica que, através de uma viagem no tempo realizada acidentalmente pelo protagonista "Fry", retrata a vida na Terra nos anos 3000. Ao se deparar com esse novo cenário futurístico, Fry e seus amigos vivem em um lugar problemático, repleto de críticas à assuntos relativos ao meio ambiente, tal qual a extinção de cidades como Los Angeles, pela falta de cuidados com seus recursos naturais. Não diferente do desenho, a atual flexibilização das leis ambientais brasileiras apresentam um descaso com o meio ambiente, sendo uma atitude inconstitucional e prejudicial à economia.
          A princípio, segundo o Artigo 225 presente na Constituição Federal brasileira de 1988, todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, impondo ao poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo. Contudo, a flexibilização das leis ambientais vai de encontro com os direitos previstos na Constituição, uma vez que já é notório o descaso de algumas empresas em relação à sustentabilidade, um exemplo disso é o da mineradora Vale, que teve duas barreiras despencadas por falta de fiscalização e, por isso, causou incontáveis impactos à fauna e flora da região afetada. Em suma, as leis ambientais precisam de mais fiscalização para a preservação da natureza no Brasil, tendo em vista que muitas empresas não obedecem às leis ambientais.
          Em segundo lugar, o Sistema Capitalista contribui para a deterioração dos bens naturais. De acordo com os pensamentos do filósofo comunista Karl Marx, o capitalismo, cujo objetivo é a maior obtenção de lucros, influencia as produções em massa, as quais usam de forma exacerbada os recursos naturais. Sob tal ótica, leva-se em consideração que o Brasil é capitalista e ainda depende do Setor Primário, responsável pela exploração natural para a obtenção de matéria prima. Desse modo, recursos ambientais serão prejudicados se não administrados da forma correta, causando desequilíbrio nos meios de produção. Em síntese, com a falta de fortalecimento das leis ambientais, a economia do País também será prejudicada.
          Portanto, a flexibilização das leis ambientais brasileiras é uma problemática que precisa ser solucionada. Para tanto, o Governo Federal deve aumentar o orçamento do Ministério do Meio Ambiente, por meio da liberação das verbas pelo Ministro da Economia, para que possa haver investimento na fiscalização de leis ambientais e, com isso, evitar que empresas desrespeitem leis ambientais que já existem. Assim, o Brasil respeitará a sua diversidade ecológica e, no futuro, não viverá um cenário de desequilíbrio ecológico como o representado em "Futurama".