Envie sua redação para correção
    A floresta Amazônica é um extenso bioma situado no Norte brasileiro,abrangendo também a Bolívia,Peru,entre outros países.A partir do início de 2019,foi possível observar uma grande flexibilização de leis ambientais, o que culminou-além da a Revisão do Código Ambiental Florestal e da invasão de terras de demarcação indígena- na queimada que destruiu mais de 200 quilômetros quadrados do território onde existe uma das maiores biodiversidades mundiais.Desse modo,torna-se necessária a análise dos fatos que levam a essa problemática.
            Em 2012,foi criado o Novo Código Florestal,que visava garantir a segurança e proteção da vegetação nativa em áreas de preservação permanente,porém em 2019,foi aprovada uma nova medida onde não é mais necessário recompor matas e florestas.Esse fato concede vantagens indevidas à elite empresarial,uma vez que o sujeito é isentado de praticar a sustentabilidade,causando assim o astroso aumento do desmatamento no Brasil.
               Ademais,vale ressaltar que grandes áreas de demarcação indígena tem sido invadidas para o aproveitamento de bens naturais,como madeira e minerais.A FUNAI (Fundação Nacional do Índio) apesar de garantir os direitos da demarcação no século XIX,atualmente tem enfraquecido as fiscalizações,mesmo o território sendo área de proteção ambiental para benefício de grandes empresas.Em consequência disso,faz-se indispensável a reforma de leis antigas a curto prazo para que esses fatores não permaneçam presentes.
              Dado o exposto,cabe ao Ministério do Meio Ambiente (MEA) ampliar as leis para garantir a aplicabilidade de punições aos infratores,com o intuito de preservar áreas que estão sob risco eminente.Além disso, o Ministério da Cidadania deve promover propagandas e palestras para a população através de meios de comunicação, a fim de combater e prevenir a destruição da Floresta Amazônica.